Entrevistas

“O que nos falta a nós enquanto classe profissional é reforçar esta mensagem: sem que a informação produzida pelas organizações exista e seja acessível, não há democracia.”: Entrevista com Sandra Patrício

Entrevistámos Sandra Patrício, responsável pelo Arquivo Municipal de Sines, membro do Grupo de Trabalho dos Arquivos Municipais da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Profissionais da Informação e Documentação. (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso académico e profissional até

“… servir a comunidade da forma mais eficiente e eficaz, procurar dar a informação certa no momento certo.”: Entrevista com Maria Clotilde Amaral

Entrevistámos Maria Clotilde Amaral, Diretora do Arquivo Distrital de Viana do Castelo. (ARCHIVOZ) Gostaria que nos apresentasse o seu trajeto profissional, académico e formativo até chegar a Diretora do Arquivo Distrital de Viana do Castelo, em 2008. (Maria Clotilde Amaral) Após

«Pretende-se uma abordagem profunda ao nível arquivístico e também integrada e estratégica, ou seja, fazendo parte da área da Cultura como uma área que se relacione com as outras áreas da Santa Casa» Entrevista a Nuno Reis, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos

Archivoz teve a honra de entrevistar o Dr. Nuno Reis, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, no ano das comemorações do 521 Aniversário desta instituição, vem dar-nos a conhecer os seus mais recentes projetos na área da cultura,

“os projetos expositivos desenvolvidos procuram ir ao encontro das preocupações contemporâneas das comunidades.”: Entrevista com David Felismino

Entrevistámos David Felismino, Diretor-adjunto do Museu de Lisboa (EGEAC). (ARCHIVOZ) Não poderia deixar de começar por destacar o seu notável percurso como investigador e curador. Fale-nos um pouco do seu trajeto formativo e profissional, até chegar às funções que desempenha atualmente, como Diretor-adjunto do Museu de Lisboa, bem como os seus principais domínios científicos e interesses nesta área. (David Felismino)

“Os arquivos são os guardiães da memória, dos direitos dos cidadãos e geradoras de conhecimento.”: Entrevista com Élia Correia

Entrevistámos Élia Correia, Diretora do Arquivo Distrital de Bragança. (ARCHIVOZ) Gostaria que nos apresentasse o seu trajeto profissional, académico e formativo até chegar a Diretora do Arquivo Distrital de Bragança, em 2014. (Élia Correia) Toda a minha vida profissional tem sido

“No projeto VINCULUM a interdisciplinaridade ente a História e Arquivística / Ciência da Informação é fortíssima.”: Entrevista com Maria de Lurdes Rosa

Entrevistámos Maria de Lurdes Rosa, Professora Auxiliar com Agregação do Departamento de História da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa, e Diretora do respetivo Instituto de Estudos Medievais (NOVA. FCSH; IEM-NOVA. FCSH; CEHR-UCP). (ARCHIVOZ) Considerando

“É indiscutível a importância de recolher acervos de arquitetos e de os garantir para memória futura.”: Entrevista com Nuno Sampaio e Ana Filipe

Entrevistámos Nuno Sampaio, Diretor-Executivo da Casa da Arquitectura – Centro Português de Arquitectura, e Ana Filipe, Coordenadora do respetivo Departamento de Arquivo e Biblioteca. (ARCHIVOZ) Gostaria que nos dessem conta do vosso percurso formativo e profissional até chegarem, respetivamente, a

“Gosto de pensar nos museus a partir desse conceito que tenho tentado difundir e que transcrevo para a “Museologia Contemplativa”, a que não deixa de lado essa via pulchritudinis que tão importante é para a humanidade.”: Entrevista com Marco Daniel Duarte

Entrevistámos Marco Daniel Duarte, Diretor do Museu do Santuário de Fátima e do Departamento de Estudos da mesma instituição religiosa, onde dirige o Arquivo e a Biblioteca. É ainda Diretor do Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima. (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso académico e profissional, até chegar às funções que desempenha atualmente, como diretor do Museu

“… se é importante captar novos associados é também muito importante estar próximo daqueles que já o são”: Entrevista com Ana Alves Pereira

Entrevistámos Ana Alves Pereira, Presidente da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas, Profissionais da Informação e Documentação (BAD). (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso formativo e profissional, e das funções que desempenha atualmente na Faculdade de Ciências e Tecnologia da

“… tempo que quase não tem medida encurtadas que estão acessibilidades e distâncias pelos meios de comunicação e pela Internet.”: Entrevista com Maria Clara Fevereiro

Entrevistámos Maria Clara Fevereiro, Diretora do Arquivo Distrital de Castelo Branco. (ARCHIVOZ) Gostaria que nos apresentasse o seu percurso profissional, académico e docente, até chegar a Diretora do Arquivo Distrital de Castelo Branco, em 2007. (Maria Clara Fevereiro) Possuo como

“Os arquivistas devem, com olhos postos no presente e no futuro, lutar por consolidar de vez o passado”: Entrevista com Miguel Infante

Entrevistámos Miguel Infante, Diretor de Serviços de Documentação e Arquivo da Secretaria-Geral da Educação e Ciência. (ARCHIVOZ) Desde 2012 que é Diretor de Serviços da Direção de Serviços de Documentação e de Arquivo da Secretaria-Geral do Ministério da Educação e Ciência.

“A ignorância impede, aqui como em qualquer caso, a formulação de juízos isentos e objetivos”: Entrevista com António Ventura

Entrevistámos António Ventura, Professor Catedrático da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. (ARCHIVOZ) O que é a Maçonaria, quais os seus princípios e objetivos, e o que significa ser Maçon? Penso que esta clarificação é importante porque periodicamente surge

“é provável que o futuro dos museus passe pela consolidação da museologia centrada nos públicos”: Entrevista com Maria Isabel Roque

Entrevistámos Maria Isabel Roque, Professora na Universidade Europeia e na Universidade Católica Portuguesa, .investigadora no CIDEHUS-UÉ. (ARCHIVOZ) Não poderia deixar de começar por destacar o seu extraordinário e diversificado currículo, ao nível académico, experiência docente no Ensino Superior, orientações, júri

“A crescente utilização dos meios digitais representa uma oportunidade e um desafio para os Arquivos Distritais e para os seus profissionais.”: Entrevista com Sandra Chaves

Entrevistámos Sandra Chaves, Diretora do Arquivo Distrital de Portalegre. (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso académico, formativo e profissional, até chegar a Diretora do Arquivo Distrital de Portalegre. (Sandra Chaves) O meu percurso profissional esteve desde muito cedo ligado

“Manter a agregação da informação dispersa em diferentes formatos, tipologias e canais, é um dos desafios atuais mais prementes”: Entrevista com Ana Rigueiro

Entrevistámos Ana Rigueiro, Diretora do Departamento de Arquivo, Documentação e Publicações dos Serviços Centrais da Universidade de Lisboa. (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso formativo e das organizações em que desempenhou funções, antes de chegar aos Serviços Centrais da

“Considero fundamental a adaptação da Arquivística ao forte processo de transformação digital”: Entrevista com José Paulo da Costa Rêgo

Chefe da Divisão dos Sistemas de Informação da Câmara Municipal de Abrantes, José Paulo da Costa Rêgo conta-nos sobre a introdução dos meios tecnológicos no processo de gestão e tratamento da informação administrativa, baseada numa visão focada na interoperabilidade do

“Visitar a Casa dos Patudos é como entrar num espaço e vivê-lo por dentro, não como espetador, mas como parte integrante dessa história.”: Entrevista com Nuno Prates

Entrevistámos Nuno Prates, Conservador da Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça. (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso académico, formativo e profissional, até chegar às funções que desempenha atualmente, como Conservador da Casa dos Patudos – Museu de Alpiarça.

“a Ciência da Informação apesar de ter um âmbito específico de trabalho e investigação, denota, cada vez mais ser uma área interdisciplinar, abrangendo áreas distintas do conhecimento”: Entrevista com Teresa Costa

Entrevistámos Teresa Costa, Chefe de Divisão na Biblioteca da NOVA Medical School, e Professora Auxiliar convidada no Mestrado em Ciências da Documentação e Informação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu extraordinário percurso formativo e profissional até chegar a Chefe de Divisão na Biblioteca da NOVA Medical School. (Teresa Costa) Iniciei o meu

“A Rede de Arquivos do Algarve espelha o trabalho, as necessidades e as aspirações dos profissionais de Arquivo do Algarve.”: Entrevista com Isabel Dias Salvado e Madalena Guerreiro, da Rede de Arquivos do Algarve

Entrevistámos Isabel Dias Salvado e Madalena Guerreiro, da Rede de Arquivos do Algarve. (ARCHIVOZ) Quando, e em que contexto, é que nasceu a ideia de criar a Rede de Arquivos do Algarve? Qual a sua carta de princípios, missão e visão? (Rede de Arquivos do Algarve) A ideia de criar a Rede de Arquivos do Algarve surgiu (de um sonho)

“Fazer acontecer Biblioteca Pública que seja Próxima, Humana e principalmente Útil para as Pessoas!”: Entrevista com Nuno Marçal

Entrevistámos Nuno Marçal, responsável pela Bibliomóvel da Biblioteca Municipal de Proença-a-Nova. (ARCHIVOZ) Nuno, vamos começar pelo princípio, quando e em que circunstâncias é que chegas a Proença-a-Nova e começas a trabalhar na respetiva Bibliomóvel, Biblioteca Itinerante, a  26 de junho

“Um museu contemporâneo, logo na sua génese, deve as mais das vezes considerar a existência de (pelo menos) um “Centro de Documentação” que será, de facto, o Arquivo correspondente aos acervos do Museu”: Entrevista com Sérgio Lira

Doutorado em Museum Studies pela University of Leicester (U.K.) reconhecido com grau de “Doutor” pela Universidade do Porto. Foi Professor Associado na Universidade Fernando Pessoa tendo deixado de leccionar em 2013. É sócio fundador, membro da direcção e investigador responsável no Green Lines Instituto para o Desenvolvimento Sustentável. É Investigador Integrado do CLEPUL e membro da coordenação do pólo do Porto daquele

“As instituições arquivísticas precisam se encontrar e se debruçar sobre as suas especificidades”: Entrevista com Marcelo Chaves, editor chefe da revista do Arquivo, do Arquivo Público do Estado de São Paulo

(Archivoz) Primeiramente gostaria de te agradecer por ter aceitado o convite de entrevista a Archivoz, e parabenizá-lo pelo trabalho de Editoração na direção da Revista do Arquivo. Minha primeira pergunta é a seguinte: Como foi o processo de criação da Revista do Arquivo? Quantos anos a Revista possui? (MC) Eu que agradeço a oportunidade. Em abril próximo, no seu sexto

“Os primeiros 10 anos foram muito importantes para o estabelecimento enquanto instituição patrimonial e enquanto espaço de estudo e investigação”: Entrevista com Rita Costa

Entrevistámos Rita Costa, Coordenadora do Centro de Documentação e Informação do Sport Lisboa e Benfica. (ARCHIVOZ) Quando é que nasceu a ideia de criar o Centro de Documentação e Informação do Sport Lisboa e Benfica, quando é que este entrou,

“Os arquivos são determinantes na democratização do acesso ao conhecimento”: Entrevista com Anita Tinoco

Entrevistámos Anita Tinoco, Diretora do Arquivo Distrital de Beja. (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso profissional e académico, até chegar a Diretora do Arquivo Distrital de Beja, em 2014. (Anita Tinoco) Os últimos 15 anos da minha vida profissional

“Uma história universitariamente interrogativa e uma pesquisa inconformista e radiográfica em Arquivos e Bibliotecas permite a criação de ciência nova”: Entrevista com Paula André

Entrevistámos Paula André, Professora do Departamento de Arquitectura e Urbanismo do ISCTE-IUL, coordenadora da Área Científica de Teoria e História da Arquitectura e Urbanismo, e membro da Comissão Científica e investigadora integrada do DINÂMIA’CET-Iscte. (ARCHIVOZ) Não poderia deixar de começar

“Devíamos proceder à avaliação das atuais políticas públicas de arquivo, bem como à sua redefinição, através de um processo colaborativo”: Entrevista com Pedro Penteado

Entrevistámos Pedro Penteado, Diretor de Serviços de Arquivística e Normalização da Direção Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB). (ARCHIVOZ) Como é que nasceu o seu interesse pelo mundo dos arquivos e o desejo de trabalhar nesta área?

“O Prémio APOM de Museu do Ano 2020, representou para o MFM-AV uma honra e um orgulho imenso”: Entrevista com Filipe Bettencourt

Entrevistámos Filipe Bettencourt, Diretor do Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s. (ARCHIVOZ) Fale-nos de como foi criado  o Museu de Fotografia da Madeira – Atelier Vicente’s, da importância de Vicente Gomes da Silva para a fotografia em Portugal,

“Os arquivos continuarão a representar um importante património enquanto repositório da história e identidade de todos e cada um de nós”: Entrevista com Olegário Pereira

Entrevistámos Olegário Pereira, Historiador e investigador na área da História Ambiental , professor universitário, sobre a sua experiência em arquivos de Portugal e do Brasil. (ARCHIVOZ) Qual foi a sua primeira experiência de pesquisa em arquivos? (Olegário Pereira) As primeiras

“Através da sua biblioteca, o Arquivo possibilita o acesso, num único espaço, a outros recursos, complementares às suas fontes, que podem auxiliar a investigação ali desenvolvida”: Entrevista com Marta Gomes

Entrevistámos Marta Gomes, Coordenadora da Biblioteca do Arquivo Municipal de Lisboa. (ARCHIVOZ) Atualmente, entre outras funções que desempenha no Arquivo Municipal de Lisboa, é coordenadora da biblioteca deste serviço de informação de referência em Portugal. Fale-nos um pouco do seu percurso profissional, académico e formativo. (Marta Gomes) Interessei-me pelo mundo das bibliotecas no último ano da licenciatura em História, em

“Chegou o momento de colaborarmos na afirmação de um novo arquipélago de conhecimento, ao serviço de todos!”: Entrevista com João Miguel Henriques

Entrevistámos João Miguel Henriques, Chefe da Divisão de Arquivos, Bibliotecas e Património Histórico da Câmara Municipal de Cascais.   (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso profissional até chegar a Chefe da Divisão de Arquivos, Bibliotecas e Património Histórico da Câmara

“[Em arquitetura] a obra construída necessita de um arquivo de memória, para que seja viva e para que cumpra na plenitude o seu papel e o seu compromisso público.”: Entrevista com Paulo Tormenta Pinto

Entrevistámos Paulo Tormenta Pinto, Professor Catedrático do ISCTE e Investigador Integrado do Dinâmia/CET, exercendo atualmente as funções de Diretor do Departamento de Arquitetura e Urbanismo do ISCTE.   (ARCHIVOZ) O seu CV é notável e bastante diversificado, do ponto de vista académico, que culminou no doutoramento em Teoria e História da Arquitetura, na Universitat Politecnica de Catalunya – Escola Tecnica

“Os novos desafios (dos arquivos) colocam maior pressão nos responsáveis e obrigatoriamente maior responsabilidade na tutela.”: Entrevista com Hermínia Vasconcelos Vilar

Entrevistámos Hermínia Vasconcelos Vilar, Professora Associada com agregação no Departamento de História da Universidade de Évora e Diretora do CIDEHUS – Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora.   (ARCHIVOZ) Considerando o seu notável percurso científico,

“Ensinar pelo exemplo e gerir responsavelmente o que é ‘de todos/as e para todos/as’, agregando valor e conquistando novos espaços para a Ciência da Informação”: Entrevista com Cristina Freitas

Entrevistámos Cristina Freitas, Professora Auxiliar do Departamento de Filosofia, Comunicação e Informação da Universidade de Coimbra, que atualmente é Diretora do Arquivo da Universidade de Coimbra e do respetivo Mestrado em Ciência da Informação.   (ARCHIVOZ) O seu CV é

“A experiência mostrou que devemos incluir questões emergentes do setor privado em relação aos seus arquivos”: Entrevista com Cecília Machado Coordenadora do Curso Técnico em Museologia da ETEC Parque da Juventude

Entrevistamos a Historiadora e Museóloga Cecília de Lourdes Machado Fernandes que nos conta sobre a sua trajetória e participação na institucionalização do Curso Técnico em Arquivo, que pela primeira vez é oferecido como um dos cursos de ensino profissional público e gratuito, nas Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) do Centro Paula Souza (CPS) em São Paulo (Brasil).  (Archivoz) Uma breve apresentação

“Considero que a formação especializada em Codicologia e em Paleografia e Diplomática deve ser protegida e fomentada”: Entrevista com o Professor Armando Malheiro da Silva

Entrevistámos Armando Malheiro da Silva, Professor catedrático da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Docente da Licenciatura em Ciência da Informação e do Programa Doutoral Informação e Comunicação em Plataformas Digitais, de cuja Comissão Científica  é membro Coordenador do

“Não podemos construir o futuro sem conhecermos o nosso passado coletivo”: Entrevista com Adelino Cunha

Entrevistámos Adelino Cunha, Professor Associado da Universidade Europeia e Investigador Integrado do Instituto de História Contemporânea da Universidade NOVA de Lisboa. (ARCHIVOZ) Quando é que nasceu, e em que contexto, a vontade de desenvolver investigação no âmbito dos arquivos políticos?

“Temos de guardar e divulgar as provas da repressão para que esta não se repita”: Entrevista com Jorge Janeiro

Entrevistámos Jorge Janeiro, Diretor do Arquivo Distrital de Évora e representante do Alentejo no Conselho Nacional da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Profissionais da Informação e da Documentação.   (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso profissional e académico,

“As ações de salvaguarda realizadas resultaram na organização de mais de 200 pacotilhas contendo uma grande variedade de espécies documentais”: Entrevista com Joaquim Tavares da Conceição

Entrevistamos Joaquim Tavares da Conceição, Professor Titular da Universidade Federal de Sergipe (UFS) e Coordenador do Centro de Pesquisa, Documentação e Memória do Colégio de Aplicação na mesma universidade, o CEMDAP. Inaugurado no ano de 2016, o Centro tem como

“Desde cedo, o Santuário assumiu ser uma das suas funções a recolha, conservação e estudo das fontes relativas aos episódios fundadores de Fátima e ao desenvolvimento do culto a Nossa Senhora de Fátima”: Entrevista com André Melícias

Entrevistámos André Melícias, arquivista do Arquivo do Santuário de Fátima, um dos mais importantes arquivos da cristandade contemporânea. (Archivoz) Sendo o Santuário de Fátima um dos locais de peregrinação da Cristandade atual, qual é a sensação de trabalhar num espaço com tão grande significado? (André Melícias) Esta questão terá de ser respondida em duas partes, uma de âmbito profissional e outra

“É o momento para o reconhecimento do investimento realizado nesta área e uma oportunidade para o seu incremento”: Entrevista com Alexandra Lourenço

Entrevistámos Alexandra Lourenço, Diretora de Serviços de Apoio Especializado, Recursos Documentais e Relações Públicas da Secretaria–Geral do Ministério da Justiça.   (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso e das organizações em que desempenhou funções técnicas e de dirigente de

“A história não é apenas ação dos grandes homens, mas sim de todos os homens que operam cotidianamente para a realização de ações que resultam em movimentos dessa mesma história”: Entrevista com Américo Baptista Villela

Américo Baptista Villela é Professor da Escola Técnica Bento Quirino, curador do Centro de Memórias “Orleide A. Alves Ferreira” * na mesma instituição, e historiador do Museu da Cidade de Campinas, São Paulo. A Escola Técnica Bento Quirino é fruto do legado testamentário de Bento Quirino dos Santos, que foi um comerciante próspero e homem engajado na política e sociedade

“Falta uma efetiva política nacional para os arquivos, em função da inexistência de uma efetiva Política Nacional para a Informação”: Entrevista com Carlos Guardado da Silva

Entrevistámos Carlos Guardado da Silva, Professor da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, onde dirige o mestrado em Ciências da Documentação e Informação. (ARCHIVOZ) A sua formação base é em História, tendo efetuado o mestrado e o doutoramento em

“Há muito ainda a explorar sobre os sistemas de informação pretéritos que nos ajudarão a conhecer e a compreender a documentação em fase definitiva”: Entrevista com Nelson Vaquinhas

Entrevistámos Nelson Vaquinhas, Chefe de Divisão na Câmara Municipal de Loulé e membro integrado do CIDEHUS.UÉ – Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora (ARCHIVOZ)  Como nasceu o Arquivo Municipal de Loulé, onde se encontra, qual

“Mantém-se na ordem do dia a responsabilidade nacional e a do AHU em concreto de conservar e facilitar o acesso imparcial ao património arquivístico comum (…)” – Entrevista com Ana Canas

Entrevistamos Ana Canas, Diretora do Arquivo Histórico Ultramarino e investigadora integrada do Centro de História da Universidade de Lisboa (CH – ULisboa) (ARCHIVOZ) O seu CV é notável e bastante diversificado, desde o ponto de vista académico, que culminou no

“É de todo pertinente e enriquecedor uma colaboração aberta entre os vários especialistas de forma a estabelecer um diálogo entre arquitetura, arquivo e património” Entrevista com Ana Freitas.

Esta entrevista incide sobre o trabalho de conservação e restauro realizado durante o ano de 2020 no acervo do arquiteto Raúl Hestnes Ferreira, na Fundação Marques da Silva. (ARCHIVOZ) Como especialista em conservação e restauro, qual foi a estratégia delineada

“Mais do que um direito democrático fundamental dos cidadãos, o acesso à informação é uma exigência ética do processo civilizacional”: Entrevista com Paulo Batista

Entrevistámos Paulo Jorge dos Mártires Batista, arquivista no Arquivo Municipal de Lisboa e investigador integrado do CIDEHUS.UE – Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora (Archivoz) O seu percurso profissional é vasto, como concilia tantas atividades

“Acho que a arquivística e os arquivistas estiveram à altura dos desafios que se colocaram à Ciência em geral neste século XXI”: Entrevista com Maria do Rosário da Costa Bastos

Entrevistamos Maria do Rosário da Costa Bastos docente na Universidade Aberta, especializada em História Ambiental, nomeadamente a interação Homem/Meio na zona de Interface entre o oceano e a costa; História Ambiental com especial incidência para análises de largo espectro cronológico

“Os dez mandamentos da preservação digital passaram de 10 para 20”: Entrevista com Humberto Innarelli.

Humberto Innarelli muitas vezes, com seus jeito meio quieto, não transparece o medalhão que é para a área de arquivos. Nesta entrevista super especial conseguimos abordar desde o Humberto conhecendo a área de arquivos ao autor respeitado internacionalmente. Além de

“Progrediu-se imenso nas últimas décadas, em especial já neste século, e com os avanços que as novas tecnologias permitiram alcançar. Mas ainda há muito a fazer”: Entrevista com Maria do Rosário Morujão

Entrevistamos Maria do Rosário Morujão historiadora e professora Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, onde se doutorou em História da Idade Média. (Archivoz) A carreira de historiadora é indissociável da pesquisa em arquivos. No seu vasto percurso como vê a evolução dos arquivos em Portugal? (Maria do Rosário Morujão) Não há comparação possível entre a situação que

“Toda a nossa actividade se faz para o ser humano, que deve ser a nossa preocupação fundamental”: Entrevista com Carlos Alberto Carvalho Dias.

Entrevistamos Carlos Alberto Carvalho Dias, membro honorário da Ordem dos Arquitetos, da Associação dos Urbanistas Portugueses e da Associacion Española de Tecnicos Urbanistas. (ARCHIVOZ) Com um percurso tão diversificado, quais foram as suas principais preocupações para preservar os seus documentos?

“Ações de Educação e Cultura para atender e dar voz as comunidades também devem ser uma preocupação dos Arquivos”: Entrevista com a arquivista Renata Kessler da Fiocruz para a Archivoz

Renata Kessler é Mestre em Ciência da Informação e Arquivista, da entidade brasileira responsável pelas pesquisas em Saúde pública e tratamento de doenças, Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Atualmente preside a Comissão Permanente de Avaliação de Documentos e gestiona o Serviço

“Eles foram capazes de salvar e recuperar milhares de livros dos buracos feitos pelos ataques com mísseis”: Entrevista com Mohammed Jasim, ex-diretor da Biblioteca da Universidade de Mosul

Entrevista com Mohammed Jasim, ex-diretor da Biblioteca da Universidade de Mosul e coordenador do apoio internacional à Biblioteca da Universidade de Mosul. Mohammed vai dar-nos uma visão da situação atual na Biblioteca da Universidade de Mosul e o esforço nacional

“Precisamos de ter essas competências e de ser capazes de as exercer num contexto tecnológico e organizacional que evolui constantemente”: Entrevista com António Sousa, diretor do Arquivo Distrital de Braga

Entrevistamos António Sousa, diretor do Arquivo Distrital de Braga e membro da Comissão Executiva da Seção de Arquivos de Arquitectura do Conselho Internacional de Arquivos, vamos conhecer o seu siginificativo percurso arquivístico, os seus projetos e a sua visão sobre

“A cidadania, em nosso entendimento, inclui o direito à memória”: Entrevista com Aldair Rodrigues, Diretor Adjunto do Arquivo Edgard Leuenroth

Entrevista com o Professor Dr. Aldair Rodrigues, Diretor Adjunto do Arquivo Edgard Leuenroth (AEL) da Universidade Estadual de Campinas/SP (UNICAMP), sobre o apoio do IBERARQUIVOS (Programa de Apoio ao Desenvolvimento dos Arquivos Ibero-Americanos) para realização do Projeto: “Existimos! Contra o

“Não se faz arquivologia apenas com arquivistas, precisamos de uma sociedade que priorize o conhecimento nas mais diversas áreas”. Entrevista com André Malverdes.

Entrevistamos André Malverdes, professor no Departamento de Arquivologia na Universidade Federal do Espírito Santo,  Coordenador do  projeto Memórias Fotográficas: Tratamento e Digitalização do Acervo Fotográfico do ex-governador Max Mauro. Nos conta sobre sua trajetória entre o mundo da história, arquivologia

“As mudanças na arquivologia são visíveis e exigem uma mudança de paradigma”: entrevista com Clara Kurtz, consultora na área de arquivos

A arquivologia brasileira se firma no final da década de 1970 a partir de duas cidades brasileiras: Rio de Janeiro e Santa Maria/RS. Nesta entrevista conversamos com Clara Kurtz que fez parte da primeira turma de graduados em Arquivologia do

“O trabalho de um arquivo é uma obrigação permanente e uma responsabilidade de longo prazo”: Entrevista com António Manuel Silva, coordenador do Instituto Anglicano de Estudos Teológicos e do Arquivo Histórico Diocesano em Portugal

O estudo dos arquivos privados tem vindo a desenvolver-se nos últimos anos. Temos muitos casos de arquivos de família, pessoais e religiosos, estes últimos ligados à Igreja Católica Romana. Hoje apresentamos um caso único em Portugal, o Arquivo Histórico da

“Ser esse novo sujeito exige investimento em conhecimento que não está nos currículos atuais de formação” entrevista com Vanderlei Batista dos Santos

A Archivoz entrevistou Vanderlei Batista dos Santos. Analista em Documentação e Informação Legislativa da Câmara dos Deputados. Professor e consultor, em nível nacional, de empresas públicas e privadas na área de Gestão de Documentos Eletrônicos. (Archivoz) Conte um pouco sobre

“Temos que bater de porta em porta e mostrar que o Arquivo existe e que a gestão documental é solução e não problema”: Entrevista com Fernando Padula, coordenador do Arquivo Público do Estado de São Paulo

(Archivoz) A sua formação é de gestor público, formação na área do Direito, e que muitas vezes se relaciona com a arquivística. Conte um pouco para nós como foi o seu primeiro contato com a arquivologia e como você está

«Penso que a matéria dos arquivos deveria ser abordada em diversas licenciaturas»: Entrevista a Carla Eiriz, Arquivista e docente

Entrevista a Carla Eiriz, arquivista e professora da licenciatura em Secretariado de Administração fala-nos da relação entre os arquivos e o trabalho de secretariado. (Archivoz) O curso que leciona “Licenciatura em Secretariado de Administração” como se liga à matéria dos

“Um dos maiores desafios é gerar o chamado comprometimento organizacional.” Entrevista com Mariza Cardoso: Sócio – fundadora da empresa Redata

Essa semana entrevistamos Mariza Cardoso, sócio – fundadora da empresa Redata, vamos conhecer um pouco de sua trajetória e a atuação de sua empresa no ramo da gestão documental. (Archivoz) Mariza, você é formada em Publicidade e Biblioteconomia, como começou