Entrevistas em vídeo

Entrevista com Silvestre Lacerda, Diretor-Geral da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB)

Abstract:

Nesta entrevista, o Dr. Silvestre Lacerda faz-nos uma retrospetiva da sua carreira, desde o primeiro contacto com o mundo dos arquivos, e as respetivas fontes primárias, até à atualidade, como Diretor-Geral da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas (DGLAB). Da Torre do Tombo, o maior e mais importante arquivo português, apresenta-nos o extraordinário trabalho desenvolvido para dar a conhecer as largas dezenas de km de documentos que tem à sua responsabilidade, tornando-os acessíveis, através da Internet, aos que têm dificuldade em aceder presencialmente ao mesmo, devido à distância física a que se encontram deste organismo. Qual é a documentação, quais são os assuntos mais procurados pelos utilizadores, nacionais e estrangeiros, na Torre do Tombo e para que fins, quais são os documentos, mais antigos e contemporâneos, de que gosta particularmente, considerando a importância dos mesmos, tudo foi respondido pelo Dr. Silvestre Lacerda. De igual modo, considerando a importância do digital, e da digitalização em particular, com vista à disponibilização e preservação da informação, falou-nos, por um lado, das questões ligadas à sua autenticidade e conseguir que esteja disponível no futuro e, por outro, ao direito à privacidade, ao Regulamento Geral da Proteção de Dados. O que é que em concreto a DGLAB pretende guardar de cada pessoa comum, no que respeita aos documentos digitais, tendo em conta a importância da preservação do que nos foi legado e criar as condições para que esse acesso seja continuado? Esta foi outra das questões que nos respondeu, a par da importância que pensa que os arquivos têm para fazer face ao problema da corrupção política e económica, e particularmente na defesa dos direitos e liberdades dos cidadãos. A DGLAB, de que é Diretor-Geral desde 2015, foi outro tema incontornável desta entrevista, dando-nos conta das respetivas prioridades, no presente e para os próximos anos. Como Presidente do Comité Executivo do Conselho Intergovernamental que gere o Programa ADAI-IBERARCHIVOS, para apoio ao desenvolvimento de arquivos ibero-americanos, deu-nos conta de como este programa tem sido fundamental para a cooperação na América Central e América Latina, através de cerca de 7000 projetos de apoio a pequenos arquivos com necessidades específicas, apoio na descrição, formação, etc. O novo coronavírus (SARS-CoV 2) e a COVID-19, que tantos novos desafios colocaram aos arquivos, obrigando os seus responsáveis e colaboradores a adaptar-se a novas metodologias e formas de trabalhar, também não poderia ser esquecido, pelo que nos deu conta de como é que neste período, entre março de 2020 e a atualidade, os arquivos portugueses foram capazes de se reinventar e dar uma resposta eficaz aos problemas e oportunidades surgidas. Para terminar, disse-nos como vê o futuro dos arquivos em Portugal e quais é que pensa serem os grandes desafios e oportunidades para os profissionais da informação. Numa palavra, imperdível!

“A importância de um arquivo é a sua divulgação, e não somente a guarda do seu material”: Entrevista com Marcelo Figueiredo de Meneses, Historiador do Centro de Memória do Colégio Dante Alighieri de São Paulo

Entrevistamos Marcelo Figueiredo de Meneses, Mestre em História da Educação pela Universidade de São Paulo e Coordenador do Centro de Memória do Colégio Dante Alighieri. O Centro de Memória foi criado inicialmente com a intenção de organizar a documentação histórica visando à aproximação do centenário da instituição, que se deu no ano de 2011. Com o decorrer dos trabalhos de preservação documental a manutenção das atividades foi incorporada como função permanente para a divulgação da memória da instituição.

O Centro de Memória possui um acervo documental que remonta aos anos anteriores a fundação do Istituto Medio Italo-Brasiliano Dante Alighieri em 1911, sendo na sua maioria documentos na língua italiana e, posteriormente, em português. O acervo é composto por aproximadamente 20 mil fotografias preservadas, organizadas e digitalizadas, que retratam o cotidiano da instituição, eventos realizados e o conjunto arquitetônico. As fotos mais antigas são da segunda metade da década de 1910. Uma parte significativa desse arquivo iconográfico já está disponível para pesquisa.

São mais de três mil documentos textuais, tais como: estatutos, correspondências, jornais, jornais estudantis, cadernos, provas, documentos administrativos, convites, diplomas, cadernetas, ofícios, circulares etc. Esses documentos possuem um recorte temporal entre o final do século XIX e os anos 1990.

Também possui um diversificado acervo de peças representativas da cultura material escolar, como: equipamentos e peças de laboratório, troféus, medalhas, mobiliário, uniformes entre outros. Além de um conjunto bibliográfico de antigas obras utilizadas no colégio, entre obras literárias, manuais de ensino e catálogos de instrumentos de laboratório.

O Centro de Memória também possui um arquivo de entrevistas e depoimentos realizados com antigos alunos, docentes e funcionários que relatam suas experiências de vida e a relação com o Colégio Dante Alighieri. Essas entrevistas foram transcritas e compõe um rico acervo de história oral sobre a instituição e a vida das pessoas que tiveram vínculos com o colégio.

Todo o acervo é disponibilizado pera pesquisadores da instituição, para a comunidade escolar e departamentos pedagógicos por meio da base de dados e de inventários organizados de forma cronológica e temática. Nos últimos anos o Centro de Memória tem atuado em projetos de práticas de ensino do curso Fundamental I e II, sendo para trabalhar temas sobre fontes históricas, sobre a história do colégio e sobre educação, leitura de imagens, pesquisa em arquivos, discussões sobre cidadania, sociedade e produção jornalística.

O Centro de Memória do Colégio Dante Alighieri funciona de 2ª a 6ª feira, das 8h às 16:30h. Pesquisas e visitas podem ser agendadas pelo telefone: (11) 3179-4400 – ramal 4281 ou site: dante@colegiodante.com.br ou cm@cda.colegiodante.com.br.


Entrevista realizada por: Isabela Salgado

Banner portugués