“Quando realizo uma pesquisa nos sistemas de informação, fico sempre com a ideia de que o resultado não é satisfatório.”: Entrevista a Luís Miguel Narciso, Coordenador do Arquivo Municipal de Leiria.

“Quando realizo uma pesquisa nos sistemas de informação, fico sempre com a ideia de que o resultado não é satisfatório.”: Entrevista a Luís Miguel Narciso, Coordenador do Arquivo Municipal de Leiria.

(Archivoz) Fale-nos um pouco do seu percurso profissional até chegar a Coordenador do Arquivo Municipal de Leiria, cargo que ocupa desde 2014. (Luís Miguel Narciso) O gosto pela História de Portugal vem dos tempos da escola, ainda hoje recordo as palavras de um...
“As ações desenvolvidas pelo ICIB/Casa do Povo têm como proposta constituir um centro de formação crítico e de resistência, não só baseado nas causas dos imigrantes judeus que a idealizaram, mas também relacionado a questões políticas e sociais brasileiras”: Entrevista a Jean Camoleze e a Thaís Silveira, respectivamente coordenador do acervo e pesquisadora do Instituto Cultural Israelita Brasileiro (ICIB), conhecido como Casa do Povo.

“As ações desenvolvidas pelo ICIB/Casa do Povo têm como proposta constituir um centro de formação crítico e de resistência, não só baseado nas causas dos imigrantes judeus que a idealizaram, mas também relacionado a questões políticas e sociais brasileiras”: Entrevista a Jean Camoleze e a Thaís Silveira, respectivamente coordenador do acervo e pesquisadora do Instituto Cultural Israelita Brasileiro (ICIB), conhecido como Casa do Povo.

(Archivoz) Jean e Thaís comentem sobre as suas trajetórias de formação e atuação junto aos arquivos e sobre seus trabalhos na Casa do Povo. (Jean Camoleze) Sou formado em História com mestrado e doutorado em Ciência da Informação. Por doze anos lecionei em escolas...
“Os desafios são muitos, mas estou convicta que a actual geração de arquivistas e as vindouras […] trarão uma crescente melhoria de preservação documental, assim como da sua inventariação e consulta”: Entrevista a Maria Paula Marçal Lourenço, Professora Auxiliar do Departamento de História da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

“Os desafios são muitos, mas estou convicta que a actual geração de arquivistas e as vindouras […] trarão uma crescente melhoria de preservação documental, assim como da sua inventariação e consulta”: Entrevista a Maria Paula Marçal Lourenço, Professora Auxiliar do Departamento de História da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

(Archivoz) Não poderia deixar de começar por destacar o seu extraordinário ao nível académico, experiência docente no Ensino Superior, orientações, júri de grau académico, publicações, comunicações, cargos de gestão académica, coordenação de projetos, distinções...
“O estudo da Sigilografia tem-se centrado no estudo do selo em si, como forma de transmissão de conhecimento, recebendo pouca atenção enquanto objeto de estudo”: Entrevista a Catarina Santos, Investigadora de Química e especialista em conservação de selos de chumbo

“O estudo da Sigilografia tem-se centrado no estudo do selo em si, como forma de transmissão de conhecimento, recebendo pouca atenção enquanto objeto de estudo”: Entrevista a Catarina Santos, Investigadora de Química e especialista em conservação de selos de chumbo

(Archivoz) Não sendo de todo da área dos arquivos, como é que uma investigadora de química veio ter a este mundo da documentação?  (Catarina Santos) A minha área de base é efetivamente a Química, embora sempre tenha tido muito gosto pela História. O estudo dos selos...
Resumo do 2.º Colóquio Organizar, Preservar e Comunicar a Memória da Arquitetura – Os Arquitetos e os Arquivos de Arquitetura de Portugal, Inglaterra e Brasil (2022): Transmissão pelo Facebook do CIDEHUS.UÉ

Resumo do 2.º Colóquio Organizar, Preservar e Comunicar a Memória da Arquitetura – Os Arquitetos e os Arquivos de Arquitetura de Portugal, Inglaterra e Brasil (2022): Transmissão pelo Facebook do CIDEHUS.UÉ

O 2.º Colóquio Organizar, Preservar e Comunicar a Memória da Arquitetura – Os Arquitetos e os Arquivos de Arquitetura de Portugal, Inglaterra e Brasil, realizou-se a 20 de abril de 2022, entre as 17h00 e as 19h30, através da plataforma Zoom, sendo divulgado em direto,...
“Para se desenvolver a análise histórica nos campos não apenas do religioso, mas do social, da cultura e da política e da economia, em relação aos quais estes arquivos (Arquivos Religiosos) constituem fonte fundamental:” Entrevista a Rita Mendonça Leite, professora de Teologia da Universidade Católica Portuguesa

“Para se desenvolver a análise histórica nos campos não apenas do religioso, mas do social, da cultura e da política e da economia, em relação aos quais estes arquivos (Arquivos Religiosos) constituem fonte fundamental:” Entrevista a Rita Mendonça Leite, professora de Teologia da Universidade Católica Portuguesa

(Archivoz) A Sociedade Bíblica é um tema que, a maior parte de nós, desconhece. Em que consiste essa Sociedade, quais os seus objetivos? Rita Mendonça Leite A Sociedade Bíblica Britânica e Estrangeira (SBBE) foi fundada em 1804 em Londres com o objetivo exclusivo de...
“Tenho expetativa que a progressiva aposta nas novas tecnologias no domínio da arquivística contribua para melhorar as estratégias de comunicação do património arquivístico”: Entrevista com Cristina Nogueira, fundadora da Culturage.

“Tenho expetativa que a progressiva aposta nas novas tecnologias no domínio da arquivística contribua para melhorar as estratégias de comunicação do património arquivístico”: Entrevista com Cristina Nogueira, fundadora da Culturage.

AV: Como despertou o seu interesse para a área dos arquivos e património cultural? CN: A minha formação académica em História implicou a frequência assídua dos arquivos. Ali, junto das fontes primárias, sentia-me mais próxima dos contextos históricos que estudava....
“Os profissionais devem aprender a investigar e a produzir conhecimento. Essa atitude científica terá um efeito significativo no seu desempenho profissional e na vida das suas instituições.”: Entrevista a Jorge Revez, Professor Auxiliar na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, do Mestrado em Ciências da Documentação e Informação.

“Os profissionais devem aprender a investigar e a produzir conhecimento. Essa atitude científica terá um efeito significativo no seu desempenho profissional e na vida das suas instituições.”: Entrevista a Jorge Revez, Professor Auxiliar na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, do Mestrado em Ciências da Documentação e Informação.

(Archivoz) Fale-nos do seu percurso formativo e profissional, até chegar a Professor Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, nomeadamente do Mestrado em Ciências da Documentação e Informação, dando-nos conta, também de como é que nasceu o interesse...
“A vida das obras de arte é fluída e plena de ressignificações, e é também nesse fluxo de vida da obra que o historiador de arte se posiciona, a tenta ler, descodificar e projetar o seu lugar na atualidade.”: Entrevista a Sílvia Ferreira, Investigadora integrada do Instituto de História da Arte da NOVA FCSH.

“A vida das obras de arte é fluída e plena de ressignificações, e é também nesse fluxo de vida da obra que o historiador de arte se posiciona, a tenta ler, descodificar e projetar o seu lugar na atualidade.”: Entrevista a Sílvia Ferreira, Investigadora integrada do Instituto de História da Arte da NOVA FCSH.

(Archivoz) Não poderia deixar de começar por destacar o seu notável currículo.  Fale-nos do seu percurso formativo e profissional até chegar às funções que desempenha atualmente, como Professora Convidada na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova...
“Aprender com o passado é uma condição básica em qualquer atividade humana e a Arquitectura, evidentemente, não é exceção.”: Entrevista ao Arquiteto José Franqueira Baganha, Presidente da INTBAU Portugal.

“Aprender com o passado é uma condição básica em qualquer atividade humana e a Arquitectura, evidentemente, não é exceção.”: Entrevista ao Arquiteto José Franqueira Baganha, Presidente da INTBAU Portugal.

(Archivoz) O seu CV é notável e bastante diversificado, do ponto de vista académico, que culminou no doutoramento em Arquitetura, na Universidade do País Basco, em Espanha, em 2012, à sua experiência docente no Ensino Superior, mas também no trabalho que tem...
“Os arquivos se distinguem muito do trabalho de museus e bibliotecas. Neles, a criação de sistemas, os elementos e práticas de classificação, os instrumentos e o arranjo privilegiam os grupos e as séries e não a unidade.” : Entrevista a Marilucia Bottallo, Diretora Técnica do Instituto de Arte Contemporânea (IAC).

“Os arquivos se distinguem muito do trabalho de museus e bibliotecas. Neles, a criação de sistemas, os elementos e práticas de classificação, os instrumentos e o arranjo privilegiam os grupos e as séries e não a unidade.” : Entrevista a Marilucia Bottallo, Diretora Técnica do Instituto de Arte Contemporânea (IAC).

(Archivoz) Gostaria que contasse a respeito da sua formação multidisciplinar (História, Arte e Ciências da Informação) e carreira profissional. (Marilucia Bottallo) Sou Bacharel e Licenciada em História pela FFLCHUSP (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas...
“A informação comporta em si mesma o valor da universalidade e é um erro para o setor não retirar desse facto a plenitude das suas consequências.”: Entrevista a Nuno Mota, Diretor Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira.

“A informação comporta em si mesma o valor da universalidade e é um erro para o setor não retirar desse facto a plenitude das suas consequências.”: Entrevista a Nuno Mota, Diretor Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira.

(Archivoz) Fale-nos um pouco do seu percurso profissional e académico até chegar a diretor regional da nova Direção Regional do Arquivo e Biblioteca da Madeira. (Nuno Mota) Sou licenciado em Sociologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova...
“… urge o reforço do papel do arquivista ou cientista de informação na sociedade, para que esta compreenda e olhe com respeito esta profissão que assegura a disponibilidade da informação.”: Entrevista a Bernardino Castro, Diretor do Centro Português de Fotografia.

“… urge o reforço do papel do arquivista ou cientista de informação na sociedade, para que esta compreenda e olhe com respeito esta profissão que assegura a disponibilidade da informação.”: Entrevista a Bernardino Castro, Diretor do Centro Português de Fotografia.

(Archivoz) Como é que nasceu o seu interesse pelo mundo dos arquivos e o desejo de trabalhar nesta área? (Bernardino Castro) Apesar de durante o meu percurso académico ter frequentado vários arquivos com o objetivo de investigação e recolha de informação para...
Resumo do 1.º Colóquio Organizar, Preservar e Comunicar a Memória da Arquitetura – Os Arquitetos e os Arquivos de Arquitetura (2021): Transmissão pelo Facebook do CIDEHUS.UÉ

Resumo do 1.º Colóquio Organizar, Preservar e Comunicar a Memória da Arquitetura – Os Arquitetos e os Arquivos de Arquitetura (2021): Transmissão pelo Facebook do CIDEHUS.UÉ

O Colóquio Organizar, Preservar e Comunicar a Memória da Arquitetura – Os Arquitetos e os Arquivos de Arquitetura, realizou-se a 23 de junho de 2021, entre as 17h00 e as 19h00, através da plataforma Zoom, sendo divulgado em direto, pelo Facebook e Youtube do...
“Ignorar o passado impede projetar o futuro. Sem preservar a memória digital nos arquivos, caminhamos para uma sociedade à deriva.”: Entrevista a Rafael António, Consultor de Sistemas de Informação no domínio dos arquivos e bibliotecas e museus.

“Ignorar o passado impede projetar o futuro. Sem preservar a memória digital nos arquivos, caminhamos para uma sociedade à deriva.”: Entrevista a Rafael António, Consultor de Sistemas de Informação no domínio dos arquivos e bibliotecas e museus.

(Archivoz) Como é que nasceu o seu interesse pelo mundo da informática e, como é que a partir deste, chegou ao da documentação e informação? (Rafael António) O meu interesse decorreu do percurso académico original, em engenharia de eletricidade e máquinas, e da...
“Documentos de arquitetura são fonte de informação, de prova e de conhecimento, com qualidade visual que facilita ações de difusão cultural e ação educativa.”: Entrevista a Monica Frandi Ferreira, Superintendente do Arquivo Público e Histórico do Município de Rio Claro

“Documentos de arquitetura são fonte de informação, de prova e de conhecimento, com qualidade visual que facilita ações de difusão cultural e ação educativa.”: Entrevista a Monica Frandi Ferreira, Superintendente do Arquivo Público e Histórico do Município de Rio Claro

(Archivoz) O seu CV é admirável e bastante diversificado, do ponto de vista académico, que culminou no doutoramento em Teoria e História da Arquitetura e do Urbanismo, em 2016, à sua vasta experiência docente no Ensino Superior. Fale-nos um pouco do seu percurso...
2022 foi bom para nós

2022 foi bom para nós

Já se passaram quase cinco anos desde o início da publicação da Revista Archivoz. Em todo este tempo vimos como, pouco a pouco, o projeto tem vindo a crescer e a evoluir graças ao trabalho e esforço de uma equipa cada vez mais envolvida e empenhada. Iniciámos este...
“O arquivo é uma das partes primordiais no processo de produção de conteúdos e discussões na História da Arte”: Entrevista a Adriana Palma, doutoranda junto ao Programa de Pós-Graduação em Estética e História da Arte da Universidade de São Paulo, pesquisadora e professora de História da Arte.

“O arquivo é uma das partes primordiais no processo de produção de conteúdos e discussões na História da Arte”: Entrevista a Adriana Palma, doutoranda junto ao Programa de Pós-Graduação em Estética e História da Arte da Universidade de São Paulo, pesquisadora e professora de História da Arte.

(Archivoz) Conte-nos um pouco sobre você e sobre sua carreira profissional com enfoque nos seus trabalhos em instituições museais e universidades. (AP) Iniciei minha trajetória profissional no mundo das artes nos primeiros anos da faculdade de História, então na...
“Qualquer espaço onde ocorre a atuação humana deveria contar com um arquivista a fim de implementar uma eficiente Gestão Documental”. Entrevista com Marcia Pessoa, arquivista do Centro de Memória da Escola SESC.

“Qualquer espaço onde ocorre a atuação humana deveria contar com um arquivista a fim de implementar uma eficiente Gestão Documental”. Entrevista com Marcia Pessoa, arquivista do Centro de Memória da Escola SESC.

Marcia Rodrigues Pessoa – Arquivista (UFF – Universidade Federal Fluminense), especialista em Sistemas de Informação (UFF) e mestra em Gestão de documentos e arquivos (Unirio – Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), atualmente é responsável técnica pelo...
“Com o COVID-19, as empresas foram obrigadas a modificar as suas formas de trabalhar e os seus processos para conseguir sobreviver” Entrevista com Elaine Maciel criadora do blog Aluna de Arquivo

“Com o COVID-19, as empresas foram obrigadas a modificar as suas formas de trabalhar e os seus processos para conseguir sobreviver” Entrevista com Elaine Maciel criadora do blog Aluna de Arquivo

(Archivoz) Qual foi sua trajetória na Arquivologia? (EM) No Ensino Médio, tive a oportunidade de estagiar em empresas e instituições que possuiam departamentos de arquivos e os profissionais eram super atenciosos e adoravam ensinar o ofício. Por ser muito detalhista e...
“No mercado de trabalho atual, vejo que há poucas vagas para Arquivista. E infelizmente, ainda nos deparamos com obstáculos como vagas de Arquivista sendo ofertada sem a exigência do nível superior ” Entrevista com Juliana Honorato

“No mercado de trabalho atual, vejo que há poucas vagas para Arquivista. E infelizmente, ainda nos deparamos com obstáculos como vagas de Arquivista sendo ofertada sem a exigência do nível superior ” Entrevista com Juliana Honorato

(Archivoz) Primeiramente gostaria de agradecer-te por ter aceitado nosso convite. Segundamente, gostaria de saber quem é a Arquivista Juliana? Como surgiu seu interesse em estudar Arquivologia? Onde você se formou? Como foi seu percurso de formação? (JH) Como...
“(…) a documentação detida pelo Arquivo Distrital da Guarda tem um valor inestimável e deverá, por isso, ser preservada e estar disponível para os cidadãos de hoje e do futuro.”: Entrevista com Levi Manuel Coelho

“(…) a documentação detida pelo Arquivo Distrital da Guarda tem um valor inestimável e deverá, por isso, ser preservada e estar disponível para os cidadãos de hoje e do futuro.”: Entrevista com Levi Manuel Coelho

Entrevistámos Levi Manuel Coelho, Diretor do Arquivo Distrital da Guarda. (ARCHIVOZ) Gostaria que nos apresentasse o seu trajeto profissional académico, destacando as duas principais publicações, até chegar a Diretor do Arquivo Distrital da Guarda, em 2008. (Levi...
“O que nos falta a nós enquanto classe profissional é reforçar esta mensagem: sem que a informação produzida pelas organizações exista e seja acessível, não há democracia.”: Entrevista com Sandra Patrício

“O que nos falta a nós enquanto classe profissional é reforçar esta mensagem: sem que a informação produzida pelas organizações exista e seja acessível, não há democracia.”: Entrevista com Sandra Patrício

Entrevistámos Sandra Patrício, responsável pelo Arquivo Municipal de Sines, membro do Grupo de Trabalho dos Arquivos Municipais da Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Profissionais da Informação e Documentação. (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu...
«Pretende-se uma abordagem profunda ao nível arquivístico e também integrada e estratégica, ou seja, fazendo parte da área da Cultura como uma área que se relacione com as outras áreas da Santa Casa» Entrevista a Nuno Reis, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos

«Pretende-se uma abordagem profunda ao nível arquivístico e também integrada e estratégica, ou seja, fazendo parte da área da Cultura como uma área que se relacione com as outras áreas da Santa Casa» Entrevista a Nuno Reis, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos

Archivoz teve a honra de entrevistar o Dr. Nuno Reis, Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Barcelos, no ano das comemorações do 521 Aniversário desta instituição, vem dar-nos a conhecer os seus mais recentes projetos na área da cultura, nomeadamente do seu núcleo...
“Gosto de pensar nos museus a partir desse conceito que tenho tentado difundir e que transcrevo para a “Museologia Contemplativa”, a que não deixa de lado essa via pulchritudinis que tão importante é para a humanidade.”: Entrevista com Marco Daniel Duarte

“Gosto de pensar nos museus a partir desse conceito que tenho tentado difundir e que transcrevo para a “Museologia Contemplativa”, a que não deixa de lado essa via pulchritudinis que tão importante é para a humanidade.”: Entrevista com Marco Daniel Duarte

Entrevistámos Marco Daniel Duarte, Diretor do Museu do Santuário de Fátima e do Departamento de Estudos da mesma instituição religiosa, onde dirige o Arquivo e a Biblioteca. É ainda Diretor do Departamento do Património Cultural da Diocese de Leiria-Fátima. (ARCHIVOZ)...
“Manter a agregação da informação dispersa em diferentes formatos, tipologias e canais, é um dos desafios atuais mais prementes”: Entrevista com Ana Rigueiro

“Manter a agregação da informação dispersa em diferentes formatos, tipologias e canais, é um dos desafios atuais mais prementes”: Entrevista com Ana Rigueiro

Entrevistámos Ana Rigueiro, Diretora do Departamento de Arquivo, Documentação e Publicações dos Serviços Centrais da Universidade de Lisboa. (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu percurso formativo e das organizações em que desempenhou funções, antes de chegar aos...
“a Ciência da Informação apesar de ter um âmbito específico de trabalho e investigação, denota, cada vez mais ser uma área interdisciplinar, abrangendo áreas distintas do conhecimento”: Entrevista com Teresa Costa

“a Ciência da Informação apesar de ter um âmbito específico de trabalho e investigação, denota, cada vez mais ser uma área interdisciplinar, abrangendo áreas distintas do conhecimento”: Entrevista com Teresa Costa

Entrevistámos Teresa Costa, Chefe de Divisão na Biblioteca da NOVA Medical School, e Professora Auxiliar convidada no Mestrado em Ciências da Documentação e Informação da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. (ARCHIVOZ) Fale-nos um pouco do seu extraordinário...
“A Rede de Arquivos do Algarve espelha o trabalho, as necessidades e as aspirações dos profissionais de Arquivo do Algarve.”: Entrevista com Isabel Dias Salvado e Madalena Guerreiro, da Rede de Arquivos do Algarve

“A Rede de Arquivos do Algarve espelha o trabalho, as necessidades e as aspirações dos profissionais de Arquivo do Algarve.”: Entrevista com Isabel Dias Salvado e Madalena Guerreiro, da Rede de Arquivos do Algarve

Entrevistámos Isabel Dias Salvado e Madalena Guerreiro, da Rede de Arquivos do Algarve. (ARCHIVOZ) Quando, e em que contexto, é que nasceu a ideia de criar a Rede de Arquivos do Algarve? Qual a sua carta de princípios, missão e visão? (Rede de Arquivos do Algarve) A...
“Um museu contemporâneo, logo na sua génese, deve as mais das vezes considerar a existência de (pelo menos) um “Centro de Documentação” que será, de facto, o Arquivo correspondente aos acervos do Museu”: Entrevista com Sérgio Lira

“Um museu contemporâneo, logo na sua génese, deve as mais das vezes considerar a existência de (pelo menos) um “Centro de Documentação” que será, de facto, o Arquivo correspondente aos acervos do Museu”: Entrevista com Sérgio Lira

Doutorado em Museum Studies pela University of Leicester (U.K.) reconhecido com grau de “Doutor” pela Universidade do Porto. Foi Professor Associado na Universidade Fernando Pessoa tendo deixado de leccionar em 2013. É sócio fundador, membro da direcção e...
“As instituições arquivísticas precisam se encontrar e se debruçar sobre as suas especificidades”: Entrevista com Marcelo Chaves, editor chefe da revista do Arquivo, do Arquivo Público do Estado de São Paulo

“As instituições arquivísticas precisam se encontrar e se debruçar sobre as suas especificidades”: Entrevista com Marcelo Chaves, editor chefe da revista do Arquivo, do Arquivo Público do Estado de São Paulo

(Archivoz) Primeiramente gostaria de te agradecer por ter aceitado o convite de entrevista a Archivoz, e parabenizá-lo pelo trabalho de Editoração na direção da Revista do Arquivo. Minha primeira pergunta é a seguinte: Como foi o processo de criação da Revista do...
“Os primeiros 10 anos foram muito importantes para o estabelecimento enquanto instituição patrimonial e enquanto espaço de estudo e investigação”: Entrevista com Rita Costa

“Os primeiros 10 anos foram muito importantes para o estabelecimento enquanto instituição patrimonial e enquanto espaço de estudo e investigação”: Entrevista com Rita Costa

Entrevistámos Rita Costa, Coordenadora do Centro de Documentação e Informação do Sport Lisboa e Benfica. (ARCHIVOZ) Quando é que nasceu a ideia de criar o Centro de Documentação e Informação do Sport Lisboa e Benfica, quando é que este entrou, de facto, em funções, e...